Os SUVs estão com tudo há um bom tempo todo mundo já sabe e, com isso, as principais montadoras que querem se destacar no mercado sabem que precisam investir no segmento.

Falando especificamente da Renault, a marca francesa já conta com o reforço do Duster e do Captur em sua gama nacional, sendo que o Koleos foi confirmado pela marca para este ano, mas deverá ficar mesmo para 2018. Caberá ao Koleos atuar no mesmo segmento de Chevrolet Equinox, Volkswagen Tiguan 2018, dentre outras excelentes novidades que prometem aquecer o segmento de SUVs médios.

Mas o que pegou muita gente de surpresa é que a Renault pode estar preparando mais um modelo para o Brasil e demais mercados emergentes, no caso China, Rússia e Coreia do Sul. Pelo menos é que nos informa uma apresentação da marca, provavelmente extraída da recente divulgação do novo plano de negócios da empresa, que começou a circular na internet e reproduzimos aqui conforme publicado pela fan page Ferd.

Claro que, além da silhueta do futuro utilitário esportivo, a Renault não apresentou nenhum detalhe sobre o produto inédito, sendo que apenas deixou escapar que ele tem porte do segmento “C” europeu, o que, para nós, equivale a um veículo de porte médio.

Se olharmos para a gama Renault na Europa, um modelo que é estrategicamente posicionado entre o Captur e o Koleos é o novo Renault Kadjar. O produto, um legítimo representante do segmento C em questão, é bem recente e foi apresentado no Velho Continente em 2015. Ele conta com 4,45 m de comprimento e 1,84 m de largura, além de oferecer opções com tração 4x4 ou dianteira.

É interessante destacar que durante a apresentação do Kadjar a Renault não escondeu que ele será vendido não só na Europa como também em alguns países do continente Africano, portanto não será um modelo restrito para o hemisfério Norte.

Pelas características técnicas, o Kadjar segue a linha do Captur, oferecendo bom espaço interno e uma proposta bem mais SUV do que crossover, ou seja, realçando atributos como a distância em relação ao solo e a posição de dirigir elevada. O porta-malas, por exemplo, tem capacidade para 472 litros.

É certo que o Renault Kadjar (ou um derivado) seria um belo concorrente para o Jeep Compass, modelo que foi praticamente aclamado pelos brasileiros desde o lançamento, somando ótimos números de venda, e mostrou que esse tipo de proposta cai como uma luva para a preferência nacional. Mesmo a faixa de preço do Compass, que gravita entre R$ 110.000 e R$ 160.000, são aceitáveis pelo público nacional desde que o modelo entregue bom nível de acabamento, conforto e equipamentos. Portanto, se a Renault conseguir esse preço, mesmo com o Kadjar importado ele teria fortes argumentos de venda no Brasil.

Resta saber, contudo, se assim como fez com o Kaptur na Rússia (que serviu de base para o Captur brasileiro) a Renault não irá produzir um novo modelo destinado apenas para mercados emergentes, com foco no baixo custo e soluções locais em um veículo que até compartilhe alguns traços inspirados pelo Kadjar. Talvez é a conclusão que a frase "new bodytype" (nova carroceria) presente na apresentação (ver na galeria de fotos) nos permite concluir no momento. 

Uma coisa é certa: um rival à altura do Jeep Compass por aqui faria muito bem para a concorrência e a Renault apostaria em um segmento que mostrou-se campeão por aqui.

 
 
Imagem que circula na internet apontando o desenvolvimento de um SUV médio para o Brasil e demais mercados emergentes
 
Imagem que circula na internet apontando o desenvolvimento de um SUV médio para o Brasil e demais mercados emergentes
Imagem que circula na internet apontando o desenvolvimento de um SUV médio para o Brasil e demais mercados emergentes
Renault Kadjar
 
Renault Kadjar
Renault Kadjar
Renault Kadjar
 
Renault Kadjar
Renault Kadjar
Renault Kadjar
 
Renault Kadjar
Renault Kadjar
Renault Kadjar
 
Renault Kadjar
Renault Kadjar
Renault Kadjar
 
Renault Kadjar
Renault Kadjar
Renault Kadjar
 
Renault Kadjar
Renault Kadjar
 
 
César Tizo

O "Guru dos Carros", César Tizo se juntou ao time este ano e está à frente dos portais AUTOO e MOTOO. É o expert em aconselhar a compra de automóveis

César Tizo |