De uma forma bem discreta, apenas retirando a versão de seu site comercial, a Volkswagen interrompeu a produção do Golf com motorização 1.6 16V e câmbio automático, configuração, que, convenhamos, estava longe de aproveitar todo potencial em termos de comportamento dinâmico e tecnologia que o hatch médio tem a oferecer.

Com a estreia da nova geração do Polo, a recente decisão da Volkswagen envolvendo o Golf abre caminho para que a fabricante alemã invista em uma versão que, na opinião do AUTOO, cairia muito bem ao modelo. Trata-se de usar o conjunto mecânico do extinto Golf 1.6 automático e “transplantá-lo” para o Polo, criando assim uma configuração que ficaria extremamente bem posicionada entre a versão 1.6 MSI automática, hoje tabelada em R$ 54.990, e a Comfortline 200 TSI, nas lojas por R$ 65.190. Esse potencial Polo 1.6 automático cairia como uma luva na faixa de R$ 60.000.

O motor 1.6 16V já está pronto para o modelo, bem como bastaria realizar uma trabalho de calibração da transmissão automática de 6 marchas, que hoje só está presente no Polo 1.0 turbo. Aliás, seguindo um caminho inverso, a Volkswagen está demorando para oferecer o Golf Comfortline de entrada, que utiliza o propulsor 1.0 TSI, também com a transmissão automática. Esse conjunto estreou justamente no Polo 2018 em suas versões mais caras.

É fato que o câmbio automático ganha cada vez mais espaço no mercado brasileiro em todos os segmentos, logo investir nessa tecnologia é algo interessante para todas as marcas. E a Volkswagen está com a faca e o queijo na mão para isso.

Olhando para o segmento de hatches compactos, um Polo 1.6 automático na faixa de R$ 60.000 seria um belo concorrente para o Fiat Argo, por exemplo, que nessa faixa de valor conta com a versão Drive 1.3 GSR de R$ 58.900, porém ela utiliza uma caixa automatizada, a qual está longe de oferecer o mesmo nível de conforto do que um câmbio automático seja ele convencional com conversor de torque, CVT, dentre outros.

O Chevrolet Onix, por sua vez, é o hatch compacto e o carro mais vendido do Brasil e justamente aposta em uma versão automática na casa de R$ 60.000, no caso com a configuração LTZ facilmente encontrada em promoções por esse valor ou a LT, também com câmbio automático de 6 marchas, na faixa de R$ 55.000. Nesse cenário, o Polo até mesmo se destacaria pela presença do motor mais potente e com maior torque, o que melhora o desempenho frente ao Onix 1.4 automático.

E você, o que acha de um potencial Polo 1.6 automático por R$ 60.000? Compraria esse modelo? Ele é interessante na sua opinião? Participe deixando seus comentários abaixo

 
 
Volkswagen Golf 2017
 
Volkswagen Golf 2017
Volkswagen Golf 2017
Volkswagen Polo 2018
 
Volkswagen Polo 2018
Volkswagen Polo 2018
 
 
César Tizo

O "Guru dos Carros", César Tizo se juntou ao time este ano e está à frente dos portais AUTOO e MOTOO. É o expert em aconselhar a compra de automóveis

César Tizo | http://www.jcceditorial.com.br/