A Focus2move, consultoria especializada no mercado automotivo mundial, divulgou nesta sexta-feira (6) os dados de fechamento de venda das principais fabricantes e conglomerados do setor.

Mesmo abalada com o escândalo de manipulação dos testes de emissões que arranharam a imagem da empresa nos principais mercados do mundo, o grupo Volkswagen conseguiu destronar a Toyota e se tornou o conglomerado líder em vendas em 2016.

Segundo a Focus2move os dados, ainda preliminares, indicam 10,1 milhões de automóveis comercializados pelo grupo alemão, o que lhe confere uma participação de 11,1% no setor em nível, melhora de 1,4% em relação ao volume de 2015.

A Toyota, que cresceu 0,2% no volume de vendas global em 2016 na comparaçao com 2015, emplacou 9,94 millhões de unidades. A aliança Renault-Nissan encerrou o ano passado na terceira posição, com um sólido crescimento de 6,2% e 8,51 milhões de unidades colocadas nas ruas do mundo todo.

Em quarto lugar figura o conglomerado sul-coreano Hyundai-Kia, registrando 8,17 milhões de automóveis e comerciais leves comercializados, uma melhora no ranking de participação global da ordem de 1,9%. A lista dos “top 5” fica completa com a General Motors, que somou 7,97 milhões de carros vendidos entre todas as marcas da gigante norte-americana. O resultado ainda deixa de fora a aliança SAIC-Wuling-GM, localizada na China, que é contabilizada separadamente pela Focus2move.

A Ford aparece na 6ª posição com 6,29 milhões de unidades vendidas. A norte-americana é seguida pela Honda (4,9 milhões), FCA (4,86 milhões), PSA (3,24 milhões) e, por fim, fechando o ranking das 10 marcas mais vendidas em 2016 está a Suzuki com 2,85 milhões de emplacamentos. 

César Tizo

O "Guru dos Carros", César Tizo se juntou ao time este ano e está à frente dos portais AUTOO e MOTOO. É o expert em aconselhar a compra de automóveis

César Tizo |