Depois de rodar cerca de 600 km a bordo da segunda geração do Volvo XC60 fica fácil constatar que a principal missão estipulada pela marca sueca para ele aqui no Brasil será cumprida sem muita dificuldade. Segundo Luis Rezende, presidente da Volvo Cars do Brasil, a meta é que o novo XC60 reposicione a Volvo novamente na liderança do segmento de SUVs médios de luxo.

Como você pode conferir em nosso ranking, até 2016 o XC60 nadou de braçada nesse segmento do mercado, emplacando 2.144 unidades. Apenas para comparar, a BMW colocou nas ruas 578 unidades do X3 nas ruas nesse período, enquanto o Audi Q5 foi a escolha de apenas 331 consumidores. A versão diesel foi uma das responsáveis pela ótima aceitação do XC60, tanto que a configuração será mantida para o modelo após a atualização e está confirmada para chegar ao Brasil em 2018.

Só que atualmente a pedra no sapato do XC60 chama-se Land Rover Discovery Sport, modelo que é montado no Brasil ao lado do Range Rover Evoque. O Discovery Sport é o atual líder do segmento, com 1.820 unidades vendidas de janeiro a julho deste ano, período em que o Volvo XC60 contabilizou 1.269 emplacamentos, um número nada mal considerando que a rede já estava se preparando para receber a segunda geração do SUV.

E é bom a Land Rover se preparar, pois a Volvo preparou um XC60 muito especial, conforme pudemos constatar em nosso teste com a versão intermediária Inscription, a que julgamos a mais interessante para quem pensa em adquirir o SUV neste momento.

É no XC60 Inscription, com preço sugerido de R$ 259.950 a partir de setembro, que você encontra o pacote mais interessante para o modelo, com destaque para recursos como o alerta de colisão traseira, alerta de ponto cego (BLIS) e o interessante controle de velocidade de cruzeiro com o assistente de direção semiautônoma Pilot Assist. O recurso é capaz de controlar não só a distância para o carro a frente, como também mantém o XC60 na faixa de rodagem correta desde que a velocidade não ultrapasse 130 km/h. Isso já credencia o XC60 como um carro autônomo de nível 2 e permite que, em uma estrada bem sinalizada, você ative o sistema e tenha uma condução mais relaxada até o destino.

É claro que o Pilot Assist ainda não é imune a falhas ou funcione de maneira perfeita, uma vez que, dependendo do ângulo da curva, se ela for muito “fechada” por exemplo, o XC60 ainda não é capaz de executá-la de forma autônoma, mas de qualquer maneira ele já representa um alívio e tanto na hora de dirigir. Mas não pense que a vida é mansa a bordo do SUV nessas condições, já que o Pilot Assist cobra o motorista para que dê uma leve passada de mão no volante a cada 15 segundos para certificar-se de que o condutor está de olho na estrada. Esse recurso ainda é raramente encontrado nos carros à venda por aqui e não por acaso passou a figurar na nova geração do Audi Q5 que acaba de chegar ao Brasil.  

Além de todo esse pacote de assistência eletrônica de condução, o XC60 Inscription traz a generosa lista de equipamentos de série que é recomendável em um modelo que supera os R$ 200.000. A versão oferece teto solar panorâmico, bancos dianteiros com regulagens elétricas e aquecimento, painel de instrumentos digital com tela de 12,3”, rodas de liga leve aro 20”, abertura elétrica da tampa do porta-malas com sistema “hands free” em que basta passar o pé abaixo do para-choque traseira para ela se abrir, ar-condicionado automático digital com duas zonas e todo o aparato de segurança que já mencionamos. Como não poderia ser diferente, o XC60 traz uma central multimídia completa com suporte ao Apple CarPlay e Android Auto além de navegação integrada e câmera de ré. O som é emitido por um competente conjunto de 10 alto-falantes totalizando 330W de potência, com a qualidade sonora que é esperada em um carro premium.

Claro que o revestimento interno é de couro, que pode ser nas tonalidades preto, caramelo, marrom e bege. Na versão Inscription, como a avaliada aqui, você também encontra um caprichado acabamento de madeira sueca no painel instalado na peça com esmero.

Nesse primeiro momento o XC60 2018 chega somente com a opção de motor 2.0 turbo a gasolina de 254 cv e 35,6 kgfm de torque. Toda essa potência e torque são gerenciados pelo câmbio automático de 8 marchas e a tração é sempre integral, trabalhando na maior parte do tempo com a força enviada para as rodas dianteiras ou, dependendo da necessidade, dividindo-a igualmente entre os eixos dianteiro e traseiro.

Claro que por questões de utilização, onde é necessário maior autonomia, as versões a diesel e híbrida (também confirmada para o Brasil) serão aguardadas com ansiedade pelos consumidores, mas você não tem do que reclamar em termos de desempenho a bordo do XC60 já oferecido nas lojas. Abaixo a galeria de fotos do XC60 2018 na versão R-Design: 

 
 
Volvo XC60 2018
 
Volvo XC60 2018
Volvo XC60 2018
Volvo XC60 2018
 
Volvo XC60 2018
Volvo XC60 2018
Volvo XC60 2018
 
Volvo XC60 2018
Volvo XC60 2018
Volvo XC60 2018
 
Volvo XC60 2018
Volvo XC60 2018
Volvo XC60 2018
 
Volvo XC60 2018
Volvo XC60 2018
Volvo XC60 2018
 
Volvo XC60 2018
Volvo XC60 2018
Volvo XC60 2018
 
Volvo XC60 2018
Volvo XC60 2018
Volvo XC60 2018
 
Volvo XC60 2018
Volvo XC60 2018
Volvo XC60 2018
 
Volvo XC60 2018
Volvo XC60 2018
Volvo XC60 2018
 
Volvo XC60 2018
Volvo XC60 2018
Volvo XC60 2018
 
Volvo XC60 2018
Volvo XC60 2018
Volvo XC60 2018
 
Volvo XC60 2018
Volvo XC60 2018
Volvo XC60 2018
 
Volvo XC60 2018
Volvo XC60 2018
Volvo XC60 2018
 
Volvo XC60 2018
Volvo XC60 2018
Volvo XC60 2018
 
Volvo XC60 2018
Volvo XC60 2018
Volvo XC60 2018
 
Volvo XC60 2018
Volvo XC60 2018
Volvo XC60 2018
 
Volvo XC60 2018
Volvo XC60 2018
Volvo XC60 2018
 
Volvo XC60 2018
Volvo XC60 2018
 
 

Com o modo de condução esportivo Dynamic selecionado, o XC60 tem as respostas do acelerador, suspensão e as mudanças de marcha extremamente convincentes para quem quer mais fôlego ao movimentar o pé direito. Capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em 6,8 segundos e chegar aos 220 km/h de velocidade máxima, a performance do XC60 é irretocável principalmente nos dias de hoje onde se busca muito mais eficiência e menor consumo. Por falar nisso, o start-stop é um item de série no modelo. Considerando que o XC60 2018 quase encosta nas 2 toneladas de massa (exatos 1.926 kg), até que as parciais de 8,4 km/l na cidade e 10,2 km/l na estrada são aceitáveis. De qualquer forma, as versões diesel e híbrida trarão números bem melhores e seguramente são as pedidas mais interessantes para quem prefere muito mais ficar longe do posto de combustível do que ter um carro rápido. 

Tão impecável quanto a performance é o comportamento dinâmico do novo XC60. Em termos de conforto, mesmo as grandes rodas com aro 20” da versão Inscription afetam pouco o bem-estar a bordo dos passageiros mesmo em estradas de terra e cheias de buracos. Na estrada, em velocidades mais altas, há pouca oscilação da carroceria e você dificilmente notará qualquer tendência do XC60 para o sobre ou o subesterço, algo em que o sistema de tração integral torna-se fundamental para “grudar” o carro no asfalto ou onde quer que você trafegue. Ponto positivo para a excepcional vedação acústica do XC60 e a quase ausência de ruídos aerodinâmicos. 

Nesse ponto, a redução de 5 cm na altura do XC60 colaborou em muito para torná-lo mais eficiente e melhorar sua penetração aerodinâmica. Ainda falando sobre dimensões, o comprimento do SUV cresceu 4 cm, porém houve um generoso ganho de 9 cm no entre-eixos e 11 cm na largura, tudo para melhorar o bem-estar a bordo dos passageiros e descolar o XC60 do futuro primo XC40, que está com o passaporte carimbado para o Brasil

O porta-malas com capacidade para 505 litros é outro atributo na longa lista do XC60, um modelo excelente para famílias que querem viajar com muito conforto e dispensam os 7 lugares do XC90.

O salto na modernidade do projeto foi exponencial quando comparamos o XC60 anterior ao lado da segunda geração. O antes defasado painel, repleto de botões, foi substituído por uma interface mais limpa, prática e de fácil operação. Assim como notamos no XC90, os materiais de nível superior aplicados na cabine, muito bem utilizados com o bom gosto sueco no design, tornam o XC60 uma das melhores escolhas que você pode fazer se procura um SUV na faixa de R$ 250.000. O Discovery Sport que se cuide...

Ficha técnica

Volvo XC60 2018 T5 Inscription 2.0 16V gasolina automático integral 4p
Preço R$ 259.950 (08/2017)
Categoria SUV médio
Vendas em 2017 1.918 unidades
Motor 4 cilindros, 1969 cm³
Potência 254 cv a 5500 rpm (gasolina)
Torque 35,6 kgfm a 1500 rpm
Dimensões Comprimento 4,688 m, largura 1,902 m, altura 1,658 m, entreeixos 2,865 m
Peso em ordem de marcha 1926 kg
Tanque de combustível 60 litros
Porta-malas 505 litros
Veja ficha completa

O "Guru dos Carros", César Tizo se juntou ao time este ano e está à frente dos portais AUTOO e MOTOO. É o expert em aconselhar a compra de automóveis

César Tizo |