Após a suspensão da importação do sedã ao Brasil, uma notícia, dessa vez muito boa, pode chegar para o Ford Fiesta nacional.

A estreia da linha 2018 do hatch poderá trazer uma novidade importante: a adoção da central multimídia Sync 3, presente no Ford Fusion e outros modelos, pelo menos para a versão Titanium do Fiesta.

Com isso, o Ford Fiesta deverá ganhar alguns pontos importantes no quesito conectividade, uma vez que a central multimídia se destaca pela operação fácil e descomplicada graças ao recurso de comando por voz que aceita até instruções de forma informal e também permite controlar em conjunto o sistema de ar-condicionado além da telefonia Bluetooth. O Sync 3 também pode oferecer suporte para câmera de ré, navegador e os sistemas CarPlay e Android Auto.

Em relação às gerações da central multimídia adotada pela Ford, o Sync 3 é 10 vezes mais rápido e sua tela permite recursos que estamos acostumados nos smartphones e tablets, como o zoom deslocando os dedos sobre a tela e a possibilidade de arrastar telas.

A chegada do Sync 3 ao Fiesta foi anunciada nesta semana pela Ford Argentina para os carros vendidos por lá. É importante destacar que o Fiesta comercializado no país vizinho é importado do México, portanto podem ocorrer algumas diferenças de posicionamento. Contudo, ainda mais levando em conta que o Ford EcoSport 2018 terá a central multimídia Sync 3 nas versões mais caras, a chegada do equipamento ao Fiesta pode ser naturalmente esperada. 

A previsão é que a linha 2018 do Ford Fiesta seja apresentada ainda neste semestre. Procurada pelo AUTOO para se manifestar a respeito do assunto, a Ford declarou que "não comenta sobre projetos futuros".  

César Tizo

O "Guru dos Carros", César Tizo se juntou ao time este ano e está à frente dos portais AUTOO e MOTOO. É o expert em aconselhar a compra de automóveis

César Tizo |