Como é sempre bom ficarmos em alerta para o movimento das principais marcas ao redor do mundo, vale a pena entrarmos em detalhe na inédita variação três volumes do BMW Série 1, revelado nesta semana pela marca alemã. A novidade, reitera por várias vezes a fabricante, foi concebida exclusivamente para o mercado chinês, tanto que sua produção ocorrerá somente por lá em conjunto com sua parceira local, a Brilliance.

A estratégia do BMW Série 1 Sedan exclusivo para a China foi explicada por Ian Robertson, membro do conselho administrativo da marca responsável por vendas e marketing. De acordo com o executivo, “nossos consumidores na China estavam pedindo por um modelo menor para atender suas demandas específicas e nós buscamos não só atender essas demandas como também excedê-las”.

O inédito BMW Série 1 Sedan conta com 4,45 m de comprimento e 1,80 m de largura, com um entre-eixos de 2,67 m. Apenas como comparação, um Toyota Corolla conta com 4,62 m de comprimento e 1,77 m de largura, enquanto o entre-eixos é de 2,70 m. Os números do Série 1 Sedan o distanciam bem do Série 3, até então o menor sedã da marca alemã, que conta com 4,62 m de comprimento, 1,81 m de largura e um bom entre-eixos de 2,81 m.

A carroceria segue o estilo da Série 1 mais recente, com destaque para elementos típicos da BMW como o balanço dianteiro curto, o capô longo e um visual bem equilibrado. Na parte traseira, a marca optou por trabalhar com a sensação de maior largura do modelo, com destaque para as lanternas posicionadas de forma horizontal. A BMW promete bom espaço interno para todos os ocupantes, bem como soluções de versatilidade interessantes com destaque para o rebatimento do banco traseiro.

Dentre as opções de motores a gasolina, a configuração mais potente vai para o BMW 125i Sedan, que traz o 2.0 turbo sob o capô com 231 cv e 35,6 kgfm de torque disponível desde as 1.250 rpm. Combinado com o câmbio automático de 8 marchas, o conjunto leva o 125i Sedan de 0 a 100 km/h em apenas 6,8 segundos, segundo a BMW.

O primeiro três volumes da gama BMW Série 1 também será vendido na China com as configurações 120i Sedan de 192 cv e na 118i Sedan, que conta com o 1.5 de 3 cilindros e 136 cv. A variante de entrada conta com o câmbio automático de 6 marchas e, de acordo com a fabricante, precisa de 9,4 segundos para atingir 100 km/h e alcança 212 km/h de velocidade máxima. O consumo médio é muito bom e gira em torno de 18,1 km/l de acordo com as medições da marca no ciclo europeu de avaliação.

Apesar da proposta bem coerente para um país como o Brasil, onde inclusive já contamos com o Audi A3 Sedan produzido aqui e de proposta semelhante, os executivos da BMW não sinalizam com qualquer intenção da marca alemã em oferecer o Série 1 Sedan no Brasil. De qualquer forma, vamos acompanhar de perto as próximas medidas da marca envolvendo qualquer possibilidade do Série 1 Sedan chegar ao nosso mercado.

 
 
BMW Série 1 Sedan 2017
 
BMW Série 1 Sedan 2017
BMW Série 1 Sedan 2017
BMW Série 1 Sedan 2017
 
BMW Série 1 Sedan 2017
BMW Série 1 Sedan 2017
BMW Série 1 Sedan 2017
 
BMW Série 1 Sedan 2017
BMW Série 1 Sedan 2017
BMW Série 1 Sedan 2017
 
BMW Série 1 Sedan 2017
BMW Série 1 Sedan 2017
BMW Série 1 Sedan 2017
 
BMW Série 1 Sedan 2017
BMW Série 1 Sedan 2017
BMW Série 1 Sedan 2017
 
BMW Série 1 Sedan 2017
BMW Série 1 Sedan 2017
BMW Série 1 Sedan 2017
 
BMW Série 1 Sedan 2017
BMW Série 1 Sedan 2017
BMW Série 1 Sedan 2017
 
BMW Série 1 Sedan 2017
BMW Série 1 Sedan 2017
 
 
César Tizo

O "Guru dos Carros", César Tizo se juntou ao time este ano e está à frente dos portais AUTOO e MOTOO. É o expert em aconselhar a compra de automóveis

César Tizo | http://www.jcceditorial.com.br/

Veja mais notícias da marca